COPEL LIBEROU MINUTA DA PROPOSTA: Assembleias vão começar.

SINDICATOS CONVOCAM EMPREGADOS PARA AVALIAR PROPOSTA DA COPEL PARA O ACT 2019/2021

Após duas semanas de negociações, a Copel apresentou a minuta com as cláusulas vigentes até 30 de setembro de 2021.

Os sindicatos estão convocando seus associados para participar das assembleias gerais extraordinárias unificadas que tratam do Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2021.

As assembleias deliberativas serão realizadas entre os dias 7 e 23 de outubro, nos locais e horários definidos pelas entidades sindicais, cujo o calendário será divulgado dentro da campanha salarial que está sendo realizada de forma unificada.

Os empregados podem voltar em qualquer assembleia realizadas pelos sindicatos que compõem o coletivo: SINDEL; SINDENEL; SINDELPAR; SIEMCEL; SINTEC-PR; STIECP; SENGE-PR; SINTESPAR; SINEL; SINDESPAR; SINDASP e STEEM.

Os pontos a serem deliberados são:

Item 01 – Discussão e deliberação da contra proposta da COPEL para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT 2019/2021;

Item 02 – Deliberação sobre paralisação de 24 horas no dia 06/11/2019 em caso de recusa da proposta da empresa, caso não seja retomada as negociações e em caso de não haver avanços na proposta;

Item 03 – Deliberação da categoria sobre o pagamento da contribuição negocial a ser descontada dos trabalhadores em 2019 e 2020;

Item 04 – Outros assuntos.

A minuta apresentada pela Copel tem estes como principais pontos:

• Vigência do Acordo Coletivo de Trabalho por dois anos;

• Reajuste pelo INPC anual (previsto em 3,20% neste ano) para os salários, Auxílio Alimentação, Vale Lanche, Auxílio PCD;

• Auxílio Educação com reajuste pelo INPC, porém com uma alteração na norma para que os cursos sejam autorizados pela COPEL de acordo com a atividade do empregado e o interesse da empresa;

• Sem reajuste no Auxílio Creche;

• Abono indenizatório com valor variável e proporcional ao tempo que o empregado ainda terá de serviço, como se este vendesse antecipadamente o segundo terço de férias à empresa. Os valores individuais serão disponibilizados pela empresa via Notes. O pagamento seria feito em duas partes: 2/3 do valor após a aprovação e o 1/3 restante em fevereiro, sem incidência de Imposto de Renda.

As AGEs devem ser realizadas até o dia 23 de outubro, com abertura das urnas e contagem dos votos no dia 24, às 13h30, no KM3.

A Copel forneceu, por solicitação do Coletivo Sindical, a Carta de Garantia de Data Base, que garante aos trabalhadores os atuais benefícios até a assinatura do novo Acordo.

Veja a Carta de Garantia de Data Base

Confira a Minuta com a proposta da Copel

Confira o Edital de Convocação